quinta-feira, 23 de abril de 2009

POPULAÇÃO DEVE DENUNCIAR QUEM JOGA LIXO NAS RUAS, TERRENOS BALDIOS E CÓRREGOS.

Cerca de 30% do material de entulho e capina coletado pelos caminhões da Prefeitura na cidade, cerca de 229 metros cúbicos por mês, é composto por lixo que é jogado de forma irregular nas ruas, terrenos baldios, áreas de lazer e até nos córregos de Campo Grande. O executivo municipal despende R$ 220 mil por mês – cerca de R$ 2,6 milhões por ano - para manter uma equipe em plantão diário dedicado à coleta deste lixoO valor gasto para limpar os rastros da falta de educação seria suficiente para bancar o recapeamento dos corredores de transporte coletivo, para a construção de duas escolas de tempo integral ou de dois Centros de Educação Infantil (Ceinf), ou até mesmo para ações de lazer e cultura. Além disso, estas equipes poderiam estar atuando em outras frentes, ajudando a comunidade na limpeza de ruas, bocas-de-lobo, capina de áreas públicas e etc. Infelizmente, devido à falta de consciência de alguns, todos os campo-grandenses acabam pagando um preço muito alto.Para realizar uma fiscalização efetiva sobre o despejo de lixo em locais inapropriados, a Prefeitura Municipal de Campo Grande precisa do apoio da população. É impossível para o poder público colocar fiscais 24 horas em cada esquina da cidade com o propósito de flagrar os que abusam da lei e prejudicam a cidade. Hoje, há pelo menos 90 pontos identificados como locais onde há despejo irregular. Para coibir esta situação, é preciso que a própria população haja como fiscal, identificando os “sujismundos”, anotando as placas de caminhões que despejam lixo em terrenos baldios e comunicando isso à Prefeitura através do telefone 3314-3151.Além disso, é preciso que estas denúncias sejam identificadas. Só assim a Prefeitura pode notificar quem suja cidade e, em seqüência, aplicar as multas cabíveis, que variam entre R$ 2 e R$ 5 mil.
Fonte/Autor: Victor Barone SITE : www.pmcg.ms.gov.br

5 comentários:

  1. Denuncia: Estão transformando a frente da escola Valter de Oliveira Ferreira em Osasco SP NUM lixão a céu aberto , uma vergonha sr Prefeito esperamos providencia urgente.
    Como faço para resolver esse problema ja fiz de tudo!
    http:/lindauraalves.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. a rua esta quaze tomada de lixo e daquio a pouco nao trafega nem carros!
    ao lado do muro dos predios .o lixo esta em frente a rua jerico no bairro jd. conceiçao -osasco sp
    os moradores reclamam pois ja acionamos a prefeitura ha um ano atras enada foi feito.
    ezigimos pena severas quem comete tal crime e que o lixo seja retirado!

    ResponderExcluir
  3. A Rua Dr Malta Cardoso, entre a Av Cursino e Rua Vergueiro é algo vergonhoso! Tenho vergonha de morar na região e convidar as pessoas para virem em minha casa pois elas terão que passar pelo LIXÃO que se transformou a enorme calçada do terreno onde ficam torres de energia. Diversos moradores do bairro já tentaram denunciar na prefeitura mas nenhuma providência foi tomada!

    ResponderExcluir
  4. moro na cidade de marituba ao lado de um lago q dizem ser um pesque pague, agora uma ex candidata a vereadora e conselheira tutelar rezouveu criar um lixão á ceu aberto na beira do lago e ao lado de minha casa onde o fedor é insuportavel chega a ser tragico nos impedindo até de comer como resolver isto já que ela diz ter costa quente na prefeitura, e o lixo so aumenta ja q vem pessoas de outros lugares tambem jogar isto tudo é proximo do cras, o lixo se espalha por toda rua, qualquer dia desses ao inves de peixe vão fisgar um saco de lixo

    ResponderExcluir
  5. em Taboão da Serra, na esquina da Rua Virgílio bento de queiróz com a antônio moura da silva jogaram um monte de entulho e a prefeitura não faz nada nem multa o infrator da calçada nem retira o lixo, vergonha total, cadê vc fernando fernandes??????????

    ResponderExcluir

Arquivo do blog

BUSCAR NESTE BLOG

Carregando...

REFLEXÃO:


Clique na imagem para visualizá-lo.
;